Atendimento médico-hospitalar Clínico e Pronto-Socorro
Convênios, Particulares e SUS

Você esta em:   Institucional   ::   Orientações para Internação

institucional

Orientações para Internação


- Quando for convocado para internar, o paciente deve vir acompanhado por outra pessoa responsável, para que a mesma possa receber orientações sobre a internação, dias de visitas, normas do hospital, assinar papéis, bem como levar para casa documentos, objetos de valor, dinheiro que por ventura estejam com o paciente;

- Quando a internação for decidida após atendimento de Pronto-Socorro ou Ambulatório, o paciente, se não estiver impossibilitado, e o acompanhante deverão dirigir-se ao Setor de Internação para as providências necessárias;

- Caso o paciente esteja sozinho os objetos de valor do mesmo serão guardados no hospital até que alguém da família (documentado) venha retirar o mais breve possível, ou o próprio paciente na alta;

- Informações sobre a doença do paciente, exames que irá fazer e provável dia de alta devem ser obtidas com o médico no dia da internação ou nos horários de visitas;

- Atestados e declarações deverão ser pedidos diretamente para o médico durante a internação;

- Não é permitido o uso do telefone das enfermarias pelos pacientes ou acompanhantes. Também não é dado recado para o paciente e/ou acompanhante;

- O hospital não se responsabiliza por objetos de valores (celular, dinheiro... etc) que permanecerem com o paciente nas enfermarias de internação;

- O internamento do paciente é efetivado em enfermarias sem direito a acompanhante, exceto os casos previstos em lei ou à critério médico;

- Ao ser internado o paciente pode trazer pasta e escova de dente, roupas íntimas, pijamas, sabonete, shampoo, pente, aparelho de barbear, chinelo, creme hidratante, livro e revista;

- Sempre que a família for avisada que o paciente está de alta, deve vir buscá-lo o mais rápido possível, para liberar o leito para outro paciente;